Setor de Endemias realiza Pit Stop alertando população para cuidados de proliferação do mosquito da dengue

 

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Divisão de Endemias, de Espigão do Oeste realizou na manhã deste sábado, 14 de dezembro, um trabalho de prevenção e alerta a população sobre o mosquito da dengue.

A ação aconteceu em dois pontos. Inicialmente foram realizadas abordagens no semáforo da cidade, sendo distribuídos panfletos com orientações de como prevenir a proliferação do mosquito Aedes aegypti. E no segundo ponto, na avenida Sete de Setembro, em frente a praça municipal e na sequência uma equipe se deslocou até a feira livre.

A ação contou com a participação de Agentes Comunitários de Endemias, e alguns Agentes Comunitários de Saúde, além da Coordenação da Atenção Básica de Saúde, Rhayane Balbinot, e da Chefe do Setor de Endemias, Adriana do Vale. Contou também com a presença do Agente de Combate, com vasta experiência no tema, Adalberto Mesquita, passando orientações específicas no estande montado na praça municipal.

Segundo Adriana, a melhor forma de evitar a proliferação do Aedes aegypti é eliminando armazenamentos de água, que podem se tornar possíveis criadouros, como em vazos de plantas, pneus velhos, tampinhas, garrafas plásticas, galões velhos, piscinas abandonadas e sem manutenção, prevenindo a dengue, a Chikungunya e Zika Vírus.

Com início do período chuvoso a atenção deve ser redobrada, aumentando o risco de um surto de doenças como Chikungunya e Zika Vírus, devido as férias e festividades do fim de ano, com possíveis pessoas oriundos de outros locais que podem possuir o vírus contaminado, contaminando a população local através da picada.

É importante alertar que o município está em estado de alerta, devido ao alto índice do LIRA, sendo os bairros Cidade Alta, Caixa d’Água e São José com os maiores indicadores do mosquito.

Fonte: Assessoria

Comments

comments