PM desarticula esquema que pretendia levar aparelhos celulares para dentro do presídio

Na madrugada de ontem (03), a guarnição da Polícia Militar efetuava patrulhamento de rotina no Bairro Jardim das Oliveiras, quando visualizou uma pessoa em atitude suspeita, em frente a uma residência, que ao ver a viatura se desvencilhou rapidamente de algo.

Ao abordar o cidadão, de nome João Vitor, que possui extensa ficha criminal pela prática de diversos crimes, foi localizado uma porção pequena de substancia análoga a maconha, caída no chão, próxima do suspeito.

Após, com autorização de João, foram efetuadas buscas no interior da casa, sendo encontrado pelos policiais um freezer (refrigerador) e em seu interior 14 (catorze) aparelhos celulares de diversas marcas e modelos embalados em filme plástico, 02 (dois) plugs de carregadores de celulares e 06 (seis) pacotes de fumo extra-forte, sendo que o referido freezer estava sendo preparado, com várias cavidades laterais onde os celulares seriam acondicionados.

Foram encontrados também uma porção de substância entorpecente, possivelmente maconha, envolvida em filme plástico e o valor de R$ 100,00 (cem reais).

Após serem apreendidos os bens e valores e conduzido o suspeito até a Delegacia de Polícia Civil, João Vitor confessou que trabalha em prol de uma facção criminosa e recebeu ordem de um terceiro integrante da quadrilha para que preparasse o freezer com os aparelhos telefônicos e fumo, sendo prometido que uma mulher iria pegar o objeto em sua residência e levá-lo ao presídio.

Graças ao trabalho conjunto das polícia militar, da Direção da Penitenciária de Pimenta Bueno e da Polícia Civil, a ação criminosa pode ser desarticulada e os envolvidos responsabilizados.

Fonte: Comunicação Social da 3ª Cia/4ºBPM.

Comments

comments