Peru se vinga da final da Copa América e derrota Brasil em amistoso

Gol foi marcado por Abram, em um lance de bola parada, com Neymar e Vinicius Jr. em campo

Brasil e Peru fizeram um jogo bastante brigado, de marcação pesada, na madrugada desta terça para quarta (11/09/2019), no Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA). Apesar de mostrar solidez na marcação e levar perigo ao gol peruano com boas jogadas de Richarlison e Phillipe Coutinho, a Seleção Brasileira não conseguiu balançar as redes e, em um lance de bola parada, sofreu, de Abram, o gol que selou a derrota no amistoso, por 1 x 0.

Para a partida, Tite fez alguns experimentos. Começou com Neymar, Daniel Alves, Thiago Silva e Arthur no banco, para a entrada de David Neres, Fagner, Militão e Allan. No 2º tempo, Neymar entrou em campo e Vinicius Jr. fez sua estreia com a Amarelinha, porém, mesmo com todo o talento e velocidade disponíveis, a derrota foi inevitável.

O jogo
A partida começou truncada, com ambas as equipes chegando duro na marcação e evitando dar espaço para o adversário. Por isso, os perigos reais de gol foram praticamente inexistentes nos primeiros 15 minutos.

Com o tempo passando, a intensidade na marcação de ambos os times naturalmente diminuiu e os espaços foram aparecendo. O Brasil se aproveitou dessa dinâmica, primeiro, com David Neres, que superou o goleiro Gallese, mas, na hora de finalizar, foi parado por Advincula; e depois, com Richarlison, que chutou forte, tirando tinta da meta peruana, mas a bola foi para a fora.

Apesar da boa movimentação de Phillipe Coutinho, que buscou jogo e procurou armar o time, e da força física de Richarlison, que deu trabalho para a defesa peruana, nenhuma das duas equipes mostrou muita inspiração para mexer no placar e o 1º tempo terminou em 0 x 0.

2º tempo
A Seleção Brasileira voltou para a etapa complementar com uma postura mais ofensiva, sendo mais feliz na troca de passes. Desta forma, quase chegou a abrir o placar com Allan, que foi posto na cara do gol graças a um passe açucarado de Richarlison. O volante, no entanto, chutou em cima de Gallese. Assim como, Phillipe Coutinho, em chute forte, minutos depois.

Antes dos 20 minutos, Tite promoveu três mudanças na equipe: Neymar, Paquetá e Fabinho entraram para as saídas de Firmino, David Neres e Casemiro, respectivamente. O camisa 10 demonstrou bastante vontade, voltando ao campo de defesa para armar as jogadas e criando jogadas com Coutinho e Richarlison, que depois saiu para a entrada de Vinícius Jr., que fez sua estreia na Seleção.

Apesar de todo o talento e velocidade presentes em campo do lado da Seleção, foi o Peru que abriu o placar. Aos 39 minutos, após uma falta cobrada por Yotún pela direita, Ederson saiu mal e Abram se antecipou, estufando a rede brasileira.

Fonte:Metrópoles

Comments

comments