Nesta sexta-feira 21/06,aconteceu no Centro de Formação São Francisco de Assis o II Encontro Espiritual dos Ministros da Eucaristia e da Palavra da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Foi realizado na noite desta sexta-feira 21, no Centro de Formação São Francisco de Assis o II Encontro Espiritual dos Ministros da Eucaristia e da Palavra da Paróquia Nossa Senhora Aparecida que teve como Tema: Sede Misericordiosos e teve como palestrante o Frei Kellycio Medeiros. O Encontro é realizado trimestralmente que tem por objetivo fortalecer e novar os conhecimentos na carreira do ministério.
Em entrevista momentos antes de iniciar a palestra, Frei Kellycio falou sobre o tema e disse: “Sede Misericordiosos como o Vosso Pai é Misericordioso” e continuou: esse é o mandamento de Jesus que nos convida a viver a santidade, a caridade e a fraternidade. E Jesus nos convida a viver isso na forma horizontal como São João nos diz no Evangelho: “Como Podeis dizer que ama a Deus a quem não vês, se não ama o irmão aquém vê”. Então essa misericórdia do Pai e revelada em Jesus transbordada sobre nós, nos torna irmãos e nos faz ser misericordiosos uns com os outros. “Córdia” é de Coração; misericórdia significa, solidariedade de coração, ser irmão de coração, ser piedoso de coração e ser fraterno de coração; ou seja, toda a Sagrada Escritura coloca como centralidade do corpo a vivencia, a experiência a partir do coração, o amor é simbolizado de coração, logo a misericórdia acontece a partir do coração. Então é importante manter esse equilíbrio entre o pensamento e a emoção, o racional e a emoção. Isso faz com que, o nosso coração torna-se amoroso segundo o que o próprio Senhor nos diz “Eu tirarei o vosso coração de pedra e lhes darei um coração novo, um coração de carne ou seja humanizante. O Senhor então nesta palestra nos ensina a sermos humanos e humanizantes e no humano, tão humano está Jesus que fazendo essa experiência do humano, nos revela o divino. É ele mesmo que se torna humano para nos elevar ao divino, ao transcendente.

Fonte: Gedi da Silva

Comments

comments