MULHER É PRESA POR TRÁFICO E CORRUPÇÃO DE MENOR EM JI-PARANÁ

A apreensão do entorpecente e de um adolescente juntamente com dois maiores, aconteceu após a Central de Operações receber várias denúncias


Na tarde desta quarta-feira, (24) a Polícia Militar através de uma denúncia apreendeu várias porções de entorpecente de um provável ponto de venda de droga no centro de Ji-Paraná. A apreensão do entorpecente e de um adolescente juntamente com dois maiores, aconteceu após a Central de Operações receber várias denúncias informando que uma residência na rua Tenente Brasil no Centro de Ji-Paraná funcionaria uma boca de fumo devido a constante movimentação de usuários de drogas, prontamente a Central de Operações determinou uma Guarnição de Rádio Patrulha para averiguar a denúncia.

A Guarnição ao aproximar do local flagrou um adolescente bem conhecido no meio Policial saindo da referida residência, sendo que o mesmo tentou empreender fuga, ao ser questionado se o mesmo sabia que a casa que acabará de sair era uma boca de fumo o mesmo falou que não, porém em uma revista pessoal os Policiais encontraram no bolso da bermuda do mesmo uma porção aparentando ser crack.

Ao ser indagado quem mora na residência o mesmo afirmou ser uma mulher de nome Bárbara a “vulgo Alerquina” que estava sentada na frente da residência. Os Policiais indagaram a mulher sobre o seu nome e a mesma afirmou se chamar Fernanda, mentira que durou pouco tempo quando os Policiais localizaram dentro da residência um documento comprovando a sua verdadeira identidade, sendo: Bárbara Janine Gomes. Ainda na residência foram localizados uma balança de precisão, algumas paranga de crack, maconha toda embrulhadas com sacola e também uma quantia de R$ de duzentos e quarenta e quatro reais, dinheiro possivelmente dinheiro da venda da droga e ainda aparelhos celulares e outros objetos de procedência duvidosa.

Barbara relatou que não tinha conhecimento da balança e do entorpecente e o dinheiro seria oriundo dos programas sexuais que a mesma faz. Diante dos fatos ambos foram encaminhados até a Unisp para as medidas cabíveis, o menor foi liberado, porém já foi algumas vezes para a Unisp com veículos roubados, Barbara foi flagranteada por tráfico de drogas e corrupção de menor.

Fonte: 015 – plantão central

Comments

comments